5 filmes que vão abrir sua mente e alma

5 filmes que vão abrir sua mente e alma

É bom sair da rotina para se conectar com a nossa intimidade e com criatividade, muitas vezes obscurecida pela vida cotidiana. Ir a um museu, concerto ou exposição pode nos libertar de estresse acumulados ao longo da semana.



Às vezes não temos meios ou tempo para realizar essas atividades de forma consistente, mas hoje em dia quase todo mundo tem internet ou televisão para poder ver um bom filme.

Pessoalmente, ver um filme que me foi recomendado ou que há muito esperava para ver dá-me uma sensação muito agradável. Ver um filme que acaba de ser lançado me emociona, pois, para mim e para muitos outros, a tela do cinema representa uma forma de magia.





5 filmes que vão abrir sua mente e alma

Hoje oferecemos 5 filmes cheios de sentimento, dor, mistério, de beleza e mensagens universais:

“Love” de Michael Haneke

'Amour', dirigido pelo brilhante diretor austríaco Michael Haneke, conta a história de amor de um casal que é dominado por doença degenerativa do protagonista.



O marido tenta fazer todo o possível para que a vida da amada seja digna. talvez este filme pode lembrá-lo de 'As páginas da nossa vida', mas permitam-me dizer que a qualidade e autenticidade dos personagens não admitem comparação.

Neste filme você pode ver o amor verdadeiro, desprovido de um excesso de doçura, mas em muitas cenas também encontramos o sofrimento autêntico representado. e angústia. Fala-se de problemas universais, como o confronto com uma situação que foge ao controle e que quer acabar com nossas vidas.

Este filme nos lembra a importância dos pequenos detalhes e que, no final dos nossos dias, as memórias que vêm à mente são as mais simples. É uma alegoria da morte, poesia e generosidade isso não o deixará indiferente.

'In the house' de François Ozon

É um filme relativamente recente, que recebeu inúmeras críticas muito positivas. A princípio o filme parece simples, mas, aos poucos, vai se complicando, até te deixar desorientado e confuso sobre o que vai acontecer.

nunca pidas amor .. a los que el amor no puede dar

A história é sobre a relação entre um aluno e seu professor ; o menino vem de uma família difícil e de um ambiente que não o leva a cultivar literatura de forma alguma. O aluno surpreende o professor com as histórias que oferece em sala de aula, e é nesse ponto que a relação se torna obsessiva. Paralelamente, outras histórias se desenvolvem, que vão além da esfera educacional.

O professor vê nas histórias de seu aluno experiências que teve que passar no passado (ele é um escritor fracassado e seu casamento esconde segredos inesperado).

'Dr. Zivago' por David Lean

'Doctor Zhivago' é um grande clássico. Para quem já viu, proponho-me revisá-lo, pois desperta sensações distintas dependendo do momento de vida que você está passando. Para quem, por outro lado, nunca viu, recomendo fortemente, porque é puro poesia na tela.

O cenário é o da revolução russa, da rebelião contra os czares. Os dois protagonistas são Yuri Zhivago e Lara, dois amantes em uma época adversa; além disso, vivem uma situação sentimental ainda mais complicada, visto que ambos são casados.

Lara é uma mulher cheia de inocência, mas não é ingênua; ela é apaixonada e teve que enfrentar uma vida complicada. Yuri Zhivago, por outro lado, faz parte de um círculo da alta sociedade. Ele é um homem que representa os princípios mais nobres da humanidade, mas por amor deve agir de tal maneira que esses princípios fiquem apenas nas entrelinhas.

No filme, os discursos, imagens e dilemas enfrentados pelos personagens remetem ao existencialismo dos melhores escritores clássicos russos.

'Os 400 tiros' de François Truffaut

Em 'As 400 tomadas', o lendário realizador francês Truffaut cria uma verdadeira ode ao cinema. Ele nos leva à Paris dos anos 1950 para narrar a vida dramática de Antoine, uma criança que nunca pára, que foge de infinitos erros institucionais e de uma unidade familiar hostil.

Sua mãe acidentalmente engravida e segura o bebê sozinha. Então, ele começa a procurar um parceiro implacavelmente e ignora e despreza Antoine, pois acredita que ele é a única fonte de todos os seus males.

Antoine enfrenta todos os tipos de situações difíceis e injustas, mas a sua atitude viva e positiva significa que, mesmo nessas condições, ele é capaz de dar sentido à sua vida.

'Nothing to Hide' de Michael Haneke

Aqui está outro filme do diretor Michael Haneke, “Nothing to Hide”. A análise existencial que faz das histórias e personagens e da forma como identifica o espectador através da filmagem não é apenas cinema: é pura psicologia.

O protagonista, Georges, começa a receber fitas estranhas, que indicam que alguém está cuidando de sua casa e família. Ele obtém mais e mais registros e desenhos desconcertante, que ele não consegue conectar com nada.

Mas, aos poucos, ele vai conseguindo. Este filme nos diz que tudo o que fizemos em nossa vida permanece armazenado na cabeça dos outros , mesmo que não nos lembremos. Talvez porque muitos de nós eliminamos eventos desagradáveis ​​de nossas mentes.

Sem dúvida, depois de ter visto estes 5 filmes capazes de abrir a sua mente e alma, não ficará desiludido. Até o cinema pode lhe dar lições importantes e emoções intensas.