6 elementos que destroem o relacionamento de um casal

6 elementos que destroem o relacionamento de um casal

A maioria dos problemas nas relações humanas reside na falta de reconhecimento mútuo. Cieri Estrada Domenico

O fim de um relacionamento costuma causar muito estresse e problemas infelicidade Em vida . É curioso que a maioria dos relacionamentos sempre termina pelos mesmos motivos; conhecê-los é uma boa maneira de lidar com problemas e saber o que fazer se quiser ter um relacionamento duradouro e feliz.

Você quer saber quais são os elementos mais comuns para os quais o relacionamento do casal termina? Nós os apresentamos a você abaixo.



1 - A gelosia

Pode parecer irônico, mas o ciúme causa muitos rompimentos. Pode surgir quando ocorre uma separação física ou quando há uma pessoa com quem competir ; na base está o medo de perder o parceiro querido. É preciso saber aceitar os sucessos e movimentos do outro e conviver com eles: assim você desenvolverá seu relacionamento em um clima de confiança.

falha de casal (2)

2 - Apego excessivo

Uma coisa é ser amantes e outra coisa é estar apegado a uma pessoa . O apego emocional excessivo é muito prejudicial no relacionamento de um casal: quando estamos muito apegados a uma pessoa, constantemente solicitamos sua atenção e presença . É assim que ficamos com ciúmes e exigentes. Novamente, na raiz do apego emocional excessivo, existe a insegurança.

quien es amigo de todos no es amigo de nadie Aristóteles

Nestes casos, é necessário fortalecer a autoestima e compreender que não podemos depender de outra pessoa para nos sentirmos realizados: nas relações sólidas, os parceiros também podem aceitar a separação.

3 - Egoísmo

O egoísmo é a raiz de todos os problemas do relacionamento de um casal: quando somos egoístas, sempre pensamos em nós mesmos, ignorando as necessidades dos outros e nos concentrando exclusivamente no nosso ego. Lembre-se de que viver com uma pessoa egocêntrica não é nada fácil.

Você tem que ser capaz de aceitar os outros como eles são, sem esperar atenção constante deles. Quando nos comportamos de forma egoísta, esperamos que o elogio, o apoio e a presença de outras pessoas sejam constantes, mas não estamos dispostos a dar nada em troca. O amor verdadeiro, por outro lado, é altruísta: é dado sem esperar nada em troca.

4 - Para culpar erros

Passar tempo com outra pessoa requer descobrir suas falhas e erros. Se você quer construir um relacionamento feliz, você deve ser tolerante com as fraquezas dos outros. Se, por outro lado, você se dedica a enfatizar constantemente os erros do outro, censurando-o e, acima de tudo, esperando que mudem como você quiser, saiba que seu relacionamento não tem esperança.

falha de casal (3)

Isso não significa ignorar quando os outros não fazem as coisas da maneira certa, mas ser tolerante e querer se conhecer em profundidade. O problema é que muitas pessoas notam todos eles erros outros e mal posso esperar para acusá-los na primeira luta.

Se você acha que seu parceiro deve mudar em alguma coisa, diga a ele, convença-o e ajude-o a dar esse passo. Além disso, um relacionamento sólido deve ser capaz de lidar com críticas e sugestões construtivas.

5 - O domínio

É essencial respeitar a liberdade individual dos outros ; portanto, é inevitável que surjam problemas no casal quando um dos dois tenta dominar o outro. Por trás de uma atitude dominante, existe o desejo de que o outro seja exatamente como queremos e muito raramente percebemos que o estamos sufocando.

Muitas vezes esquecemos que é a pessoa que devemos amar e não uma ideia: no início, é extremamente fácil apaixonar-se pela ideia de amor , e então é muito difícil descobrir que as coisas não são tão bonitas quanto imaginávamos em nossos sonhos!

Ninguém tem o direito de dizer a outra pessoa como deve viver, pensar ou agir. Se seu relacionamento se baseia em meras expectativas e em uma atitude dominante, é inevitável que, mais cedo ou mais tarde, surja um problema. Relacionamentos fortes são construídos no entendimento mútuo e não se alimentam de expectativas .

6 - Falta de tempo

Muitos relacionamentos terminam porque não fazem o suficiente Tempo para o parceiro e isso acontece porque não é considerada uma prioridade ; nesse ponto, é inevitável que ele se sinta negligenciado e não seja amado o suficiente. Mesmo que você não possa passar tanto tempo com seu parceiro quanto gostaria, é muito importante reservar alguns momentos para vivermos juntos de uma forma especial e intensa.

Não se trata de compensar a falta de tempo com um 'concentrado' de atenção, mas simplesmente de mostrar que se preocupa.