Nós nos cansamos de dar tanto e receber pouco

Nós nos cansamos de dar tanto e receber pouco

Há momentos em que sentimos que estamos dando o tempo todo, mas não estamos recebendo nada. Isso geralmente acontece quando estamos tristes, porque não recebemos nenhum tipo de recompensa e acabamos pensando que o mundo não vale o nosso esforço.



Quando você se cansa de dar constantemente sem receber, pode acontecer de você até evitar que alguém lhe ofereça ajuda. Assim, a falta de reciprocidade acaba alimentando uma espiral de desilusão e dor.

Se isso acontecer com você, o melhor a fazer é abandonar o seu posto e confiar aos outros aquelas obrigações que você se impôs, porque se trata de uma troca que resulta tóxico para você e que, portanto, destrói sua saúde.

efectos de la menopausia en la psique





tristeza

Como saber se você dá muito?

As coisas dão errado se vocês se sentem cansados, invadidos pela tristeza, pela desilusão e se sentem que não devem fazer o que estão fazendo um pelo outro. Existem pessoas que literalmente sugam nossa energia para fora de nós.

É provável que não percebam, por isso é sempre aconselhável armar-se com valor e esclarecer esta situação. Também pode acontecer, ao contrário, que aqueles que sugam sua energia estejam cientes disso, mas eles não se importam.



O melhor a fazer, portanto, é colocar esse interesse à prova, deixando de se esforçar para atender às necessidades do outro e ver o que acontece. Uma atitude egoísta é imediatamente perceptível, basta olhar na direção certa.

corações nas mãos

Ele o ama o suficiente para receber o mínimo do que você está dando a ele?

Não vale a pena lutar contra o vento e as marés para quem não levanta um dedo por ti. Não há necessidade de ajudar continuamente uma pessoa que não está interessada em aprender e fazer. Não é bom dar sem receber.

Não podemos nos dedicar aos outros e esquecer de nós mesmos. A única gratidão sem a qual podemos viver é a gratidão para consigo mesmo, que é o pilar do amor próprio e a base do nosso crescimento pessoal.

Dê para se sentir bem

rosto refletido
Dar muito. Dê pouco. Mas sempre dê.

Quando ajudamos alguém, estamos dando a ela uma parte de nós. Isso nos ensina a nos valorizar, porque o essencial é cuidarmos dessa parte da nossa vida.

Obviamente, não devemos dar nada nem ser gratos a quem está se aproveitando de nós. Isso nos fará sentir vazios, além de ser perigoso para nossa autoestima e bem-estar.

Por outro lado, dizem que nunca somos suficientemente gratos a quem nunca nos abandonou. Por isso, dar belas palavras, bons sentimentos, boas ações e bons pensamentos àqueles que nos ajudaram em momentos importantes e difíceis é muito importante, porque nos ajudará a lembrar o valor de bondade e ajudando os outros.

abraço amigo

O poder da reciprocidade e da gratidão

Só precisamos perceber como é exaustivo e desmoralizante dar sem receber nada, saber o valor da gratidão.

A verdade é que podemos ser gratos pelo que os outros fazem por nós. Podemos fazer isso com um simples sorriso, com palavras ou com ações. O que está claro é que a gratidão é sempre uma forma de dar ou corresponder por algo recebido.

no te fíes de nadie en psicología

Reciprocidade saudável é aquela que se baseia em uma troca que responde à gratidão. Agradecer ou qualquer outro ato de recompensa é reconhecer que a pessoa à nossa frente fez algo que nos deixou felizes.

o a gratidão é um pilar importante para o nosso bem-estar e para a nossa saúde. A ausência disso nos machuca e nos deixa frustrados, levando-nos a criar uma espiral de reclamações e críticas que só nos deixará tristes e desiludidos.

Agradecer e receber gratidão faz com que nos sintamos valorosos e dignos de amor, e isso mantém nossa autoestima e nossa Bem-estar emocional em boas condições. Tanto nos momentos bons quanto nos maus, ela nos conforta e nos empurra a dar novamente e, claro, a querer receber novamente.