Há momentos em que ignorar significa responder com inteligência

Há momentos em que ignorar significa responder com inteligência

Às vezes, ignorar significa responder de forma inteligente . É uma sabedoria que se adquire com o tempo e a experiência e que, sem dúvida, deve ser adaptada às diferentes situações. Por que razão? Porque sabemos muito bem que nossos relacionamentos nem sempre são positivos, apesar de nossos desejos e esperanças.

Às vezes, portanto, ignorar é mais uma questão de saúde emocional e proteção de nosso equilíbrio mental, em vez de uma decisão consciente e cuidadosa sobre como conduzimos e observamos os relacionamentos que temos com os outros.

Apesar disso, muitas vezes não é fácil entender a comida ligações tóxicas , na esperança de obter uma recompensa emocional que nunca virá. Sacrificamos nosso bem-estar por relacionamentos prejudiciais que não nos dão nenhuma emoção positiva .



todo a su tiempo

mulher triste em um cubo

Você tem que aprender a ignorar para poder viver em paz

Por isso é preciso ignorar as situações que nos preocupam sem motivo e nos presentear ausência quando nossa presença não é apreciada. Assim, em palavras vazias, ouvidos inteligentes. Mas quando?

  • Quando as críticas não são construtivas e não pedimos a opinião de ninguém.
  • Quando percebemos que por trás das ações ou comentários de outras pessoas existem más intenções.
  • Quando aqueles ao nosso redor se esforçam para criar insegurança e frustração com nosso modo de viver a vida.
  • Quando eles nos fazem preocupar com o que não está em nosso controle.
  • Quando outros exageram com a própria elevação, com a clara intenção de exibir suas conquistas e nos desprezar.
  • Quando nos impedem de crescer e melhorar, por interesses próprios ou egoísmo.
boca com zíper

Ignore o que pretende aniquilar você como pessoa

Palavras, comentários, ações, sentimentos, emoções ... Existem situações que, pela sua hostilidade ou toxicidade, podem ser altamente nocivas. Às vezes, é até possível que o equilíbrio emocional se incline para o nosso bem-estar e que o sofrimento seja inevitável.

Apesar disso, é preciso aprender a gerenciar distâncias , dê à nossa mente e ao nosso corpo a oportunidade de fazer o download e não cancelar a si mesmo. É possível escapar trabalhando o diálogo interno sobre o que nos bloqueia.

Evitar que o que os outros fizeram ou não nos tocam é um verdadeiro bálsamo. Pode não ser fácil no início, mas os resultados na saúde emocional de uma pessoa são notados rapidamente.

siempre vuelves a donde eras feliz

mulher com nuvem no céu

Perdão quando os outros 'exageram'

É difícil perdoar muitas palavras ou palavras que machucam e são ditas em momentos de raiva ou, como dizem, quando você é cabeça quente. Há até momentos de euforia que fazem nossa língua funcionar demais e que acabam tendo consequências terríveis.

Esse aspecto está perfeitamente expresso na história de um pai que, diante da descrença do filho, pede-lhe que plante pregos de aço em uma preciosa placa de madeira lisa, para poder lhe ensinar um conceito importante. O pai espera pacientemente que o menino termine seu trabalho e então o faz remover cada um dos pregos e explicar a moral.

A madeira nunca mais voltará ao seu estado original, mesmo que tenhamos tentado reparar o dano e remover todos os pregos de aço . Por esse motivo, é vital nos esforçarmos para não causar dor aos outros com nossas más ações ou comportamentos prejudiciais.

que se siente superior a los demás

cortina laranja

Para que preocupação perdoar , você tem que ter cuidado e explicar claramente que oferecê-lo não dá direito a ninguém de nos machucar novamente. É importante sublinhar este aspecto, porque as pessoas muitas vezes desenvolvem 'maus hábitos' e magoam os outros por simples distração.

Também precisamos ser capazes de nos perdoar se tivermos causado desconforto, conflito ou dor às pessoas que amamos. Devemos reconhecer nossos erros e aceitar o que podemos e não podemos mudar, aprender com as diferenças e viver sem remorso, sem culpa e sem ódio.

Quando não perdoamos, a felicidade e a paz desaparecem de nossas vidas e nos tornamos escravos do ressentimento e dos sentimentos negativos, ficamos com raiva facilmente e fomentamos a rivalidade. Podemos escapar disso com segurança aprendendo a ignorar e perdoar quando é certo fazê-lo.

Para perdoar os outros, você deve primeiro perdoar a si mesmo

Para perdoar os outros, você deve primeiro perdoar a si mesmo

Perdoar é uma ação para a qual estamos todos preparados. Quem sabe perdoar aos outros conhece bem a sensação de liberdade que os invade quando isso acontece.