Esquecer é difícil para quem tem coração

Esquecer é difícil para quem tem coração

Se colocarmos nosso coração e razão em equilíbrio, sempre haverá um desequilíbrio quando se trata de memórias, porque independente da passagem do tempo, continuarão existindo pessoas que sempre terão um lugar em nosso coração, que o faz bater forte com uma simples imagem do passado, com a memória de uma palavra sussurrada no ouvido.

Sua mente vai querer ser racional, vai querer que você esqueça aquela pessoa que te fez sofrer, e até muito, mas o seu coração não esquece, toda vez que ele bombeia sangue para o seu corpo , continue se lembrando de como aquela pessoa fez você se sentir, como era o mundo naquele momento.

“Às vezes, no silêncio da noite, todas as memórias voltavam para ele com a plenitude de uma canção infantil ... Na solidão, ninguém foge das memórias”. -Antoine de Saint-Exupéry-

A eterna batalha mente-coração

Quando vivenciamos uma separação amorosa, a realidade nos diz que aquela pessoa que desejamos não nos ama mais, não nos busca mais, não nos chama mais, não nos beija mais. Contudo, o coração, em sua eterna batalha de romântico inveterado, nos lembra daquele dia em que beijamos aquela pessoa pela primeira vez ou fizemos amor cobertos apenas pela escuridão. Essa batalha entre realidade e memórias é o que nos impede de esquecer.



mala cheia de borboletas

Quanto mais intensas são as memórias, mais elas vão invadir nossa mente. Isso tem uma explicação científica, porque o hipocampo (que tem a função de lembrar fatos com datas, lugares e rostos) e a amígdala (responsável pela memória emocional), ascensão e nossas memórias não são mais apenas imagens, são cheiros, carícias, palavras, sabores.

“Lembrar é fácil para quem tem memória. Esquecer é difícil para quem tem coração ”. -Gabriel Garcia Marquez-

O efeito curativo do tempo

Como se costuma dizer: o tempo cura todo o mal. Isso porque, com o passar dos dias, meses e anos, a conexão entre o hipocampo e a amígdala deixa de ser utilizada, para deixar espaço para o armazenamento de outros dados, outras memórias. Que significa, deixamos as pessoas e sua memória irem, para que outras pessoas possam entrar em nossa vida.

el amor se apoya unos a otros

Usualmente uma separação amorosa é seguida por um período de dor, que pode durar de seis meses a um ano, dependendo do esforço que fazemos de nossa parte para seguir em frente com nossas vidas e superar a desilusão.

3 dicas para esquecer

É importante não estar ancorado no passado, porque a vida continua, esperando para ser desfrutada, então teremos que trabalhar muito para esquecer. Esquecer é possível, simplesmente requer força de vontade e ilusão para o futuro. Você tem um coração e esqueço é complicado, mas não impossível. Aqui estão algumas dicas para esquecer:

Aceite o que aconteceu

Às vezes nos comprometemos a pedir mil explicações ou a dar-lhes, mas talvez não seja necessário. Nem tudo tem explicação, e não é preciso voltar constantemente ao que aconteceu e nos prejudicar. Isso é muito difícil de aceitar, mas é necessária uma grande dose de realidade. Seja forte e aceite que as pessoas que você amou vão embora.

cómo recuperar la confianza en uno mismo

Viva sua vida e aproveite suas emoções

É possível que no início do período de dor você sinta vontade de chorar, e terá que fazer isso para desabafar, para fazer a dor sair do seu corpo. Contudo, tem que se esforçar também para sair, caminhar, ir ao cinema, relacionar-se com outras pessoas.

Viva sua vida novamente, pergunte-se: O que eu gosto de fazer? O que me faz sentir bem? Você construirá novas memórias, que o farão esquecer as antigas. Encontre um espaço em seu coração para novos emoções e experiências. Feche as portas para poder abrir as portas.

ser amable con usted mismo

coração na mão

O tempo não é tudo

O tempo ajuda a esquecer, e com o passar dos dias a dor vai diminuindo, até desaparecer; mas não se trata apenas de esperar, mas também de agir. Não adianta ficar em casa, esperando dia após dia que a dor diminua.

Abra o seu mente e inscreva-se naquele curso de fotografia que você tanto queria fazer, peça o telefone daquele cara que sempre sorri para você, pratique esportes, beba um gim com tônica, releia seu livro favorito ou compre um novo. Faça o que quiser, mas viva.

O coração é do tamanho de um punho fechado e tem a forma de uma pêra com a ponta apontando para baixo.
O coração é o órgão símbolo do amor, segue o ritmo das emoções ...
Normalmente em um adulto o coração se contrai 60-70 vezes por minuto, em uma pessoa apaixonada muito mais, às vezes chega a 100 sem perceber.
O coração é o último a partir, continua a bater mesmo quando é retirado do corpo, mesmo quando o ente querido te deixa ...
Mesmo quando você não quer mais sofrer, você não é mais quem manda ...
Quando você está apaixonado, quando seu coração bate forte por outra pessoa, você não é mais quem manda ... é ele!

-Manual de amor-

Eu te deixo porque te amo

Eu te deixo porque te amo

Deixo-te porque te amo e porque não sei outra forma de estar contigo a não ser te amando.