Dor no peito devido à ansiedade

O nervosismo quase sempre encontra uma maneira de se manifestar por meio de sintomas físicos; as dores no peito causadas pela ansiedade estão entre as mais irritantes. Saiba mais sobre este fenômeno e como diferenciá-lo de uma situação mais grave.

Picada no peito devido a

A ansiedade pode ser expressa de diferentes formas, desde uma sensação de sufocamento até uma espiral de pensamentos negativos que levam ao medo de morrer, passando por parestesia, náusea ou tontura. Na verdade, muitos deles vão muito além da mera ativação fisiológica. Se há um sintoma que causa um medo terrível, geralmente é a dor no peito devido à ansiedade.

como entender cuando ya no amas



Enquanto outros sintomas resultantes de estados de ânimo intensos tendem a atrair menos atenção, as dores no peito devido à ansiedade são uma das que preocupam a maioria dos doentes. Talvez porque essa dor possa estar o mais próximo do que alguém sente durante um evento cardíaco.

Se o homem realmente se acostuma com a dor, por que sofre cada vez mais com o passar do tempo?

-Anônimo-

Rastrear a causa desencadeante das dores no peito, principalmente quando afetam a região mediastinal, é importante; na pior das hipóteses, essa dor pode indicar um problema de saúde urgente.

Soñar con la caída de los dientes significado

Quando uma ou mais artérias coronárias são bloqueadas ou rompidas e, portanto, o suprimento de sangue para uma região cardíaca específica é bloqueado, essa região, diante da falta de oxigênio e nutrientes, gera um resposta fortemente dolorosa, indicando um problema no sistema cardíaco.

Mulher com dores no peito

Dor referida e ardência no peito

A dor sentida em outros órgãos, como quando sofre de pedras nos rins, também se aplica ao coração: ela surge a chamada dor referida , ou a sensação dolorosa que ocorre em uma área diferente do coração , neste caso, o peito. É a dor que muitos associam quase exclusivamente a um ataque cardíaco ou ataque cardíaco.

Por todas essas razões, não se pode excluir que, ao sentir repentinamente uma dor latejante na região do meio do peito, qualquer pessoa possa pensar que tem um problema cardíaco. No entanto, pode ser devido a várias causas de natureza diferente. Entre eles, podemos encontrar o seguinte:

  • Distúrbios cardiovasculares.
  • Trauma.
  • Problemas osteoarticulares.
  • Lesões musculares.
  • Tumores.
  • Sobrecarga cardíaca com o tempo.
  • Ansiedade somática .

E é o último caso que pode ser realmente interessante de investigar, porque não só ocorre com bastante frequência, mas também pode ser uma campainha de alarme que indica se eles estão ocorrendo níveis extremos de estresse .

Por que você sofre de dores no peito devido à ansiedade?

Existe um fenômeno a meio caminho entre o estado físico e psicológico, denominado somatização e que foi amplamente estudado pelas disciplinas psicológicas e médicas. Consiste na manifestação física (na forma de dor, movimentos anormais, problemas de saúde, doenças de pele e assim por diante) de estados emocionais.

suelta unas frases de amor

Experimentar emoções intensas - sejam positivas ou negativas - geralmente é acompanhado por percepções sensoriais no peito ; por isso, quando estamos particularmente felizes, podemos sentir que nosso peito está 'explodindo de alegria'. Ao mesmo tempo, uma forte tristeza estimula uma sensação desagradável no peito.

Ansiedade e estresse

É natural que, muitas vezes, a parte do corpo 'escolhida' pela ansiedade para se manifestar de forma latente seja o peito. , e que esta manifestação é exatamente dor.

Embora essa somatização seja bastante frequente e não indique um perigo iminente, às vezes pode ser um sintoma de outros elementos ansiogênicos na vida da pessoa.

Em geral, as dores no peito devido à ansiedade não ocorrem do nada, devido a um episódio passageiro ou transitório de ansiedade; pelo contrário, normalmente surgem como consequência um uma presença intensa e prolongada de ansiedade no indivíduo. Uma presença que pode gerar consequências negativas para a saúde e bem-estar dos mesmos.

Diante da percepção de dores no peito devido à ansiedade, a resposta lógica do indivíduo é a manifestação de maiores níveis de ansiedade. Dessa forma, é criado um círculo vicioso que se alimenta e piora a situação em alguns momentos.

Mulher com ansiedade

Como distinguir as dores no peito por ansiedade de algo mais sério?

Diante do aparecimento de dores no peito, a primeira medida a tomar é procurar aconselhamento médico para determinar se pode ser um problema de saúde sério . No entanto, como não podemos saber com antecedência se você realmente precisa se preocupar, é uma boa ideia manter a calma.

como estar mas seguro de ti mismo

Quando a dor no peito reflete um problema cardíaco, geralmente é acompanhado por outros sintomas ou sinais que tendem a não estar presentes quando a dor mencionada é de natureza puramente ansiosa. Por exemplo, o seguinte:

  • O ritmo cardíaco torna-se irregular e freqüentemente fraco.
  • Ao mesmo tempo, ocorrem sintomas vegetativos, como suor frio e crises hipotensivas.
  • Também podem ocorrer náuseas, perda de força e até desmaios.
  • A dor é mais abrasiva e latejante; A dor geralmente é sentida e atravessa o peito de frente para trás, como se se estendesse em direção ao braço esquerdo ou pescoço.

Outros sintomas

  • Normalmente aparecem sintomas que resultam em problemas digestivos (dor na boca do estômago, indigestão, dor de estômago e até náuseas e vômitos).
  • Pele pálida é comum.
  • Na maioria dos casos, a dor não diminui à medida que a pessoa se acalma.

Na presença de dores no peito, o melhor a fazer é ficar calmo e esperar que um profissional confirme a origem do problema, principalmente se você tem certa tendência a se sentir ansioso. É importante levar o episódio com a devida seriedade e introduzi-lo em nossa rotina hábitos que nos ajudarão a combater os efeitos da ansiedade e do estresse .

Distúrbio de ansiedade generalizada

Distúrbio de ansiedade generalizada

Neste artigo, identificaremos os fatores que favorecem o desenvolvimento e a persistência do transtorno de ansiedade generalizada.