Se você está procurando por uma pessoa que muda sua vida, olhe no espelho

Se você está procurando por uma pessoa que muda sua vida, olhe no espelho

Passamos muito do nosso tempo procurando aquela pessoa especial, mágica e vibrante para mudar nossa vida. Sonhamos com isso, desejamos isso como consolo para todas as nossas dores. Até que, um dia, o encontramos. Olhamos no espelho e percebemos que aquela pessoa sempre esteve lá: somos nós.

Poderíamos dizer que muitos de nós somos estudiosos racionais. Temos doutorados em milhões de disciplinas e múltiplas habilidades. Contudo, ninguém nos orientou para a gestão correta da vida: autoconhecimento, autoestima e inteligência emocional.

“Quem domina pode parecer forte: mas forte é quem se domina e se conhece” -Lao Tze-

Por mais curioso que nos pareça, existem aqueles que constroem uma existência como uma peregrinação emocional eterna. Ele busca nos outros o que não encontra em si mesmo. Porque quem ainda não descobriu todos os seus beleza interior , espera que outros façam isso. Quando alguém não aprendeu a ser autossuficiente, vive como um vagabundo que implora continuamente por atenção e as migalhas de afeto, que o empobrecem ainda mais.



Precisamos entender que nem sempre alguém virá para acalmar nossos medos, preencher nossos vazios e quebrar nossas inseguranças para nos transformar em pessoas valentes. Os heróis não esperam. Heróis são criados. Por esta razão, devemos nos revelar autossuficientes, pessoas dignas e capazes de criar seus próprios caminhos.

no me gusta la gente

Isso só se consegue de forma concreta: descobrindo-se. Sugerimos que você experimente.

hands-on-face

Diálogo positivo com a pessoa que está em nosso espelho

Carl Rogers costumava dizer que o ser humano é como uma ilha solitária. Às vezes, longe de investir nosso tempo em descobrir a riqueza de nossos cenários pessoais, aceitando sua variedade e singularidade, nos escondemos. Somente quando uma pessoa for capaz de ser exatamente como é, ela será capaz de construir pontes sólidas e firmes para outras ilhas. Para outras pessoas.

Ter sucesso, nada melhor do que começar com quatro tipos de diálogo com aquele ser precioso que vive no nosso espelho e que nem sempre levamos em consideração.

quien se siente superior frases

“Estou sozinho e não há ninguém no espelho” -Jorge Luis Borges-

1. Diálogo racional

Para favorecer o reencontro com nós mesmos, devemos antes de tudo criar um diálogo racional.

  • Esse diálogo é curioso e desafiador: seu objetivo é nos despertar.
  • Faremos perguntas específicas sobre nossa realidade atual, a fim de limitar muitas das distorções cognitivas que se originam dentro de nós. aqui estão alguns exemplos:
    • 'Por que estou tão preocupado com a impressão que dou aos outros?'
    • 'Por que tenho tanto medo de decepcionar minha família, amigos e parceiro?'
    • 'Por que eu acho que fazendo isso ou que não serei aceito?'
  • Para simplificar esse diálogo interno, também teremos que nos fazer perguntas sobre nosso futuro a curto e longo prazo.
    • Como eu gostaria de estar daqui a um ano?
    • O que estou fazendo para atingir meu objetivo?
    • O que me impede de atingir esse objetivo?
menina-no-bosque-e-coruja

2. Diálogo abrangente

Se o diálogo da ração agisse como um defensor astuto, extrapolando realidades desagradáveis ​​de nosso espelho, agora é a hora de reconhecer as emoções que sentimos. Estamos cientes de muitas decepções, medos profundos e frustrações amargas.

quien quiera suicidarse lo dice

O diálogo abrangente nos dá as boas-vindas com frases como:

  • Eu sei como você se sente, chore se precisar.
  • Não tenha medo de aceitar seus sentimentos.
  • Você não é fraco apenas porque se sente vulnerável nesses momentos. Fortes são aqueles que têm a coragem de se olhar no espelho e descobrir que não estão bem. Existem feridas internas que doem e que precisam ser curadas: faça.

3. A voz dos valores

A pessoa maravilhosa em nosso espelho já sabe que há coisas que precisam ser mudadas. Que há aspectos pessoais que precisam ser fortalecidos. Além disso, compreendemos que existem coisas e pessoas que nos fazem sentir mais tristes do que felizes. Aceitar nossas emoções e a subsequente explosão nos permite ver as coisas com maior clareza e calma.

cómo reaccionar ante un narcisista

Depois desse amanhecer racional e emocional, chegará um momento importante. Qual é, então, a etapa seguinte de autoconhecimento? Lembre-se de quais são nossos valores.

  • Os valores moldam aquela voz afável e serena da nossa consciência. Eles são as nossas raízes e não devemos agir contra eles.
  • Para estimular uma reflexão adequada sobre nossos valores, podemos pegar uma folha em branco. Vamos escrever uma lista com várias colunas, cada uma dedicada a uma das seguintes categorias:
    • 'Eu sou'
    • 'Acredito'
    • 'Eu sou contra'
    • 'Eu apoio'

Dedique alguns minutos para concluir este exercício, completando cada coluna.Pode ser uma atividade revitalizante e tranquilizadora.

menina loira e coruja de celeiro

O diálogo motivador

Nesse ponto, a pessoa maravilhosa em nosso espelho saiu do escuro e se mostra a nós. Bem, é hora de tire-o desta dimensão para abraçá-lo e fundir-se com ele em uma única entidade corajosa e determinada.

  • O diálogo motivador nos ajuda a realizar nossos propósitos, harmonizando nossas emoções, sentimentos e valores.
  • Precisamos ser capazes de agir de acordo com o que sentimos por meio de autoinstruções pequenas, firmes e positivas. aqui estão alguns exemplos:
    • Hoje poderei dizer “sim” sem medo e “não” sem me sentir culpado. Chegou a hora de se sentir livre e confiante.
    • Vou dar o meu melhor sem ser influenciado pelo que os outros dizem ou fazem. Não quero sofrer mais desnecessariamente.

Para concluir, aquela pessoa especial que vive no nosso espelho quer ser visível, ter voz própria e liberdade para mostrar ao mundo do que é capaz. Acredite ou não, você pode conseguir muitas coisas, na verdade, só isso pode mudar a nossa vida ...

Imagens cortesia de Carlee Senior, Brent Hollynd Studio