Seja como a flor de lótus: renasça todos os dias e enfrente as adversidades

Seja como a flor de lótus: renasça todos os dias e enfrente as adversidades

A natureza é tão excitante que nos dá as respostas mais inesperadas quando acreditamos que elas não podem existir fora de nossa mente, nossa esperança e nosso desejo de seguir em frente. Longe de mostrar uma realidade monótona e previsível, cada recanto onde a natureza floresce com liberdade nos deixa uma nova lição sobre o que significa habitar este mundo.

Ela não é apenas generosa com a ciência, mas também com nossos sentidos e nossa espiritualidade. É a tal ponto que, na grande variedade de manifestações, espécies e fenômenos que produz, deparamos com autênticas lições de como lidar com a vida. Teorias psicológicas autênticas sem controle de variáveis ​​ou análise de confiabilidade ou validade, mas que contêm uma mensagem cuja beleza e significado são indiscutíveis.

Entre todos os fenômenos infinitos e curiosos da natureza está o da flor lótus. Um fenômenosui generisque se traduz em uma metáfora emocionante sobre a vida e as adversidades que enfrentamos todos os dias.



A flor de lótus

A flor de lótus é semelhante a um lírio d'água que tem suas raízes na lama e no pântano de lagoas e lagos. A flor de lótus possui as sementes com maior longevidade e resistência: pode resistir até 30 séculos antes de florescer sem perder sua fertilidade.

A flor de lótus é o símbolo de pureza e beleza que pode surgir do solo lamacento.

Esta bela flor emerge da lama e se alimenta dela em pântanos ou habitats pantanosos e quando floresce, cresce nas folhas. À noite, as pétalas fecham e a flor mergulha sob água . Fecha-se para afundar, mas ao amanhecer sobe novamente na água suja, intacta e sem resíduos de impurezas graças ao arranjo de suas pétalas em espiral.

Flor de Lotus

A flor de lótus tem uma peculiaridade: é a única flor a ser fruto ao mesmo tempo: o fruto tem a forma de um cone invertido e está localizado dentro dele. Quando a flor está fechada, não tem cheiro, mas quando se abre, seu aroma lembra o de jacinto. Muitos consideram seu aroma hipnótico, capaz de alterar estados de consciência.

O maravilhoso cérebro emocional de pessoas altamente sensíveis (HSPs)

O maravilhoso cérebro emocional de pessoas altamente sensíveis (HSPs)

O maravilhoso cérebro de pessoas altamente sensíveis (HSPs)

Mitologias sobre a flor de lótus

O grande encanto desta flor a levou a ser um símbolo fundamental para várias civilizações ao longo da história. A flor de lótus é considerada sagrada e é um dos símbolos mais antigos a que diferentes significados têm sido atribuídos em vários países orientais, mas encontramos múltiplas referências a ela também no mundo ocidental.

Na mitologia grega, os lotófagos eram um povo mítico que os antigos identificavam com os habitantes de uma população do nordeste da África. Diz a lenda que uma bela deusa se perdeu em um bosque até chegar a um lugar onde abundava a lama, chamada de lótus, no qual se imergiu.

Este espaço foi criado pelas divindades para seres cujo destino foi adverso. No entanto, a jovem lutou por milhares de anos até voltar a se transformar em uma bela flor de lótus que simbolizava o triunfo da perseverança diante das situações adversas.

Dentro budista o lótus serve como assento ou trono para Buda ou Budas e indica um nascimento divino. No mundo cristão, a flor de lótus é substituída pelo lírio branco, um símbolo de fertilidade e pureza. Tradicionalmente, de fato, o Arcanjo Gabriel é representado segurando o lírio da anunciação da Virgem Maria.

A flor de lótus e seu significado em psicologia

A flor de lótus simboliza o poder da resistência psicológica como a capacidade de transformar a adversidade em potencial. Suzanne C. Kobasa , psicóloga da Universidade de Chicago, realizou várias pesquisas graças às quais foi possível identificar que as pessoas resistentes possuem algumas características comuns. Geralmente são pessoas trabalhadoras, controladoras e desafiadoras.

“As pessoas mais bonitas que conheci são aquelas que conheceram a derrota, o sofrimento, a luta, a perda e encontraram o seu caminho desde as profundezas” - Elisabeth Kubler Ross-

Posteriormente, essa definição foi reconceituada com o termo resiliência, que é a essência da pessoa resistente. A resiliência é geralmente definida como a capacidade dos indivíduos de não cederem a momentos de dor emocional e grandes adversidades.

A flor de lótus é uma metáfora magnífica para pessoas que são capazes de dobrar a dor e depois desdobrá-la na forma de serenidade, autocontrole e persistência.