Superando o fim de um relacionamento

O rompimento simboliza uma perda, uma dor, um fim, talvez inesperado ou pelo menos indesejado, que nos deixa inseguros e sozinhos diante de um futuro que no momento vemos incerto.



Superando o fim de um relacionamento

O que fazer com as memórias que construímos? Onde manter essa vontade de tentar novamente? Como valorizar o tempo que dedicamos a outra pessoa, que foi tudo para nós e que agora decidiu ir embora. O que fazer com o amor que ainda sentimos por ela? Como superar o fim de um relacionamento, o fim que podemos ter desejado, mas que veio sem avisar?

Terminar um relacionamento não é nada agradável, especialmente se não tivermos tomado essa decisão . Memórias, nostalgia e tristeza começam a nos invadir e com elas as perguntas. Sem querer, podemos cair em uma espiral de inércia e mal-estar, quase um estado de imobilidade em que o nada é tudo o que queremos. Nesses casossuperando o rompimento de um relacionamentoparece impossível.





boca siempre sedienta y seca

O rompimento simboliza uma perda, uma dor, um fim, talvez inesperado ou pelo menos indesejado, que nos deixa inseguros e sozinhos diante de um futuro que no momento vemos incerto.



O fim de um relacionamento amoroso é complicado para quem não o decidiu, mas não é impossível superá-lo . Acreditar que nunca mais seremos felizes ou que não encontraremos ninguém é comum, mas trata-se apenas de dúvidas e inseguranças decorrentes de desapontamento e o sofrimento do momento. Eles também fazem parte do processo necessário para curar feridas emocionais.

enfermedad de los cuerpos de lewy

O que fazer quando o relacionamento chega ao fim? A melhor opção, mesmo que pareça uma contradição, é não fazer nada. Ou seja, deixar o processo seguir seu curso natural. É normal fazer uma pausa, um momento de reflexão, e o ideal é fazer com calma e sozinho. Esta é a única maneira de promover adequada introspecção , um olhar sincero e às vezes doloroso dentro de nós.

Uma vez conectado a nós mesmos, a próxima etapa é nos abramos para as emoções que sentimos; raiva, tristeza, ódio ou o que quer que seja. O importante é ouvi-los e depois deixá-los ir e receber as respostas, ao mesmo tempo que enfrentamos nossos medos. Bem, tudo isso não acontece em dois ou três dias ou mesmo em uma semana. É um processo lento que requer consciência e preparação, e a duração varia de pessoa para pessoa.

Menina triste

Como superar o rompimento de um relacionamento e o que fazer com as lembranças?

O que fazer com tudo o que vivemos com a outra pessoa? Nada. Não temos que fazer nada. O fim da relação faz parte do caminho que temos que percorrer, mas as memórias são nossas. São experiências que não devemos perder porque fazem parte da pessoa que somos hoje. Provavelmente sofreremos no início, porque acreditávamos que nunca poderia acabar, mas eles estão aí e com o tempo iremos dar-lhes o espaço certo e reservar-lhes o lugar que merecem. Uma caixa que uma vez aberta gera emoções controladas e saudáveis.

que allí después de la muerte

Às vezes, queremos acelerar o processo de quebra e buscar respostas imediatas, mas isso pode nos fazer recuar em vez de avançar. Devemos permitir tempo suficiente para o emoções podem se transformar. Se deixarmos tudo seguir seu curso, as coisas podem ser resolvidas em menos tempo. Tudo se não for um relacionamento problemático, sufocante ou tóxico. Quando cedemos à razão, podemos perceber que nem tudo foi maravilhoso e que o fim do relacionamento foi da melhor maneira.

Dedicar nosso tempo a alguém que não nos ama mais ou que prefere não dividir seu tempo conosco nos dá a oportunidade de estarmos com nós mesmos, de nos conhecermos, de cuidar de nós e talvez de encontrar outra pessoa que quer nossa companhia. Quando a tempestade passa e as emoções diminuem, quando aprendemos a nos ouvir e nos permitir tempo e espaço, percebemos que não é o fim, mas o início de uma nova etapa.

Saldo

Quanto tempo dura a dor de terminar um relacionamento?

A duração da dor causada pelo fim de um relacionamento amoroso depende da pessoa. Não há Tempo ou um prazo pré-definido, embora sempre que nos comprometermos a não pensar, a não lembrar, a fazer mil coisas para nos distrair e não ficar a sós com nós próprios ou para reprimir as nossas lágrimas, sempre atrasemos um pouco este momento. Não vamos esquecer que chorar e ficar sozinho consigo mesmo é essencial para superar o fim de um relacionamento e se curar, reunir forças e se recuperar novamente.

É doloroso dizer adeus a alguém que não queremos deixar ir, mas é mais doloroso pedir-lhe que fique quando quiser ir embora.

O tempo, junto com a gestão adequada de nossas emoções, fará todo o possível para nos ajudar a superar o fim da relação de amor . Porém, se o estado de apatia e tristeza persistir com o tempo, o ideal é consultar um especialista.

Como é difícil dizer adeus

Como é difícil dizer adeus

Como é difícil dizer adeus, deixar para trás algo que nos fez felizes, abandonar certos amigos ou concluir algumas fases da vida.