Tronco cerebral: um tubo para farfalla

Uma estrutura tão frágil quanto perfeita. O tronco cerebral pode ser comparado a qualquer trabalho sofisticado de engenharia. Tão sofisticado que qualquer defeito dentro dele poderia ter consequências devastadoras para o resto do corpo e as funções vitais mais básicas.

frases que tienen sentido

Tronco cerebral: um tubo para farfalla

O tronco cerebral é a estrutura do cérebro que ocupa o ponto mais baixo do cérebro , perto da medula espinhal; parece, de fato, uma extensão do mesmo. Esta é a área do cérebro que regula uma grande parte de nossas funções vitais voluntárias ou parcialmente voluntárias , como frequência cardíaca e respiração.



Portanto, é essencial para a nossa sobrevivência, e qualquer lesão nessa área do cérebro pode ser fatal. Estamos falando de um centro vital do nosso corpo, dividido em diferentes áreas com funções bem definidas.

A imagem da seção horizontal do tronco cerebral lembra a de uma borboleta. Não surpreendentemente, o filme extraordinárioO traje de mergulho e a borboletaconta a história de um homem que sofreu uma lesão no tronco cerebral e acorda de um coma com síndrome de encarceramento porque muitas de suas funções foram prejudicadas. Vamos ver agora por que essa estrutura cerebral é tão importante.

Estrutura do tronco cerebral.

O tronco cerebral

O tronco cerebral pode parecer 'sozinho' uma ponte entre a medula espinhal e o resto do sistema nervoso , Mas é muito mais do que isso. É uma densa teia de fibras neuronais que cruzam a medula espinhal.

É formado principalmente de matéria cinzenta e matéria branca . A maioria dos nervos do crânio, ou nervos cranianos, sai do tronco cerebral. Assim, os impulsos nervosos enviados pela medula espinhal devem passar por diferentes regiões dessa estrutura.

Dentro, existem áreas contendo matéria cinzenta , entre estes o mais conhecido é o chamado núcleo vermelho do mesencéfalo. Outras áreas localizadas na parte externa contêm matéria branca.

cómo ignorar a una persona que te gusta

Além dessas áreas bem definidas de matéria cinzenta e substância, há outra em que as duas substâncias se misturam: a formação reticular. isto possui centros de controle e áreas de conexão muito importantes. É dividido em três seções ou subestruturas: o mesencéfalo, a ponte do tronco cerebral e o bulbo raquidiano. Vamos ver em detalhes.

Tudo começou no tronco cerebral

As três estruturas que constituem o tronco cerebral são:

  • Mesencefalo: é a seção da parte superior do tronco encefálico, perto do tálamo. Por sua vez, é dividido em outras estruturas. Os mais importantes são o tectum (posição dorsal) e o tegmento (na base).

Outra estrutura do mesencéfalo é o aqueduto cerebral, por onde flui o líquido cefalorraquidiano, substância vital para o funcionamento do cérebro. Entre as principais funções do mesencéfalo encontram-se o controle de certos movimentos, a reação reflexa diante de estímulos visuais e auditivos, a regulação da temperatura corporal e o ciclo vigília-sono.

puedes ser amigo de un hombre

  • colocar : também conhecida como ponte de Varolio, é a parte mais maciça do tronco cerebral e está localizada entre o mesencéfalo e o bulbo espinhal. Sua principal função é conectar o mesencéfalo ao bulbo raquidiano, de forma que qualquer lesão nessa área afeta a função de ambos.

O cerebelo está localizado na parte posterior da ponte do tronco encefálico, enquanto a parte mediana contém a artéria basilar. Além de ser um centro nervoso importante para as funções do mesencéfalo e do bulbo espinhal, a ponte do tronco cerebral é uma estrutura que intervém em funções de vital importância, como o controle da respiração e a regulação da consciência.

  • Bulbo espinhal ou medula oblongata. A parte inferior do tronco cerebral, bem como aquela com a qual se comunica diretamente a medula espinhal . O bulbo espinhal é formado por subestruturas de grande importância, como as pirâmides que permitem a troca de fibras nervosas entre o cérebro e a medula espinhal. Regula processos automáticos vitais, como os batimentos cardíacos e a secreção de substâncias gástricas.
Estrutura do tronco cerebral.

Outras funções

Além de regular as funções vitais, como o estado de consciência, respiração , batimentos cardíacos e secreções gástricas, o tronco cerebral está envolvido em outras funções importantes. Funções fundamentais para nos manter vivos, como regulação da temperatura corporal, engolir e vomitar , tosse e sensibilidade à dor.

Além disso, é o principal canal de comunicação entre o corpo e o cérebro. É atravessada pelas vias aferente (corpo-cérebro) e eferente (cérebro-corpo), aspecto que faz dessa estrutura uma área fundamental para a sobrevivência.

O tronco cerebral pode ser comparado a uma peça de engenharia altamente sofisticada , a tal ponto que qualquer mau funcionamento interno pode ter Consequências devastadoras para o resto do corpo.

Lembramos, de fato, que esta área dirige grande parte de nossas funções vitais. Um tubo com uma borboleta cheia de vida dentro.

Conto de transformação: a borboleta que se acreditava uma lagarta

Conto de transformação: a borboleta que se acreditava uma lagarta

Este conto de transformação apresenta uma borboleta que acredita que ainda é uma lagarta. Ele fala conosco sobre mudança.